ALFABETIZAÇÃO: aprendizagem e conhecimento na formação docente / organizado por Evelise Portilho. Curitiba: Champagnat, 2011.

As pessoas, de maneira geral, independente da idade e da cultura, aprendem hoje de maneira diferente da de ontem. Os estímulos, o acesso à informação, as habilidades, competências e estratégias, o processamento da atenção e da memória são solicitados pela sociedade da aprendizagem de outra maneira, o que requer outro estilo de ensino para atender aos diferentes estilos de aprendizagem.

Esta obra provoca o professor e a professora a se perceberem como agentes transformadores, que podem fazer a diferença no ambiente educativo em que estão inseridos. Essa modificação sem dúvida irá reletir não só no espaço particular como também no sistema educacional brasileiro.

Em nosso 1º encontro, debatemos a 1ª parte do livro.

Seguem algumas considerações:

  • Os sujeitos são compostos por: dimensões do pensamento; dimensões do sentir; dimensões do agir e interagir.
  • Aprendizagem acontece na interação. Por isso ela é um processo social.
  • Para aprender precisamos dos vínculos afetivos e da interação do sujeito com o meio em que está inserido.
  • Ser professor é aceitar a contradição.
  • Precisa ser um professor reflexivo.
  • “o bom aprendiz é aquele que passa pela virtude da humildade.”

Sinta-se bem vindo para acompanhar nossas discussões e fazer comentários.

Até o próximo encontro!!!

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *