ARENDT. Hannah. A Condição Humana. Trad. Roberto Raposo. Rio de Janeiro: Forense Universitária, 2001.

_____. Entre o Passado e o Futuro. Coleção Debates. Trad. Mauro W. Barbosa de Almeida. São Paulo: Perspectiva, 2002.

ARROYO, Miguel G. Imagens Quebradas. Trajetórias e tempos de alunos e mestres. Petrópolis: Vozes, 2004.

_____. Ofício de Mestre. Imagens e auto-imagens. Petrópolis: Vozes, 2007.

_____. Currículo, Território em Disputa. Petrópolis: Vozes, 2011.

ASSMANN, Hugo. Reencantar a Educação. Rumo à sociedade aprendente. 8.ed. Petrópolis: Voxes, 2004.

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade Líquida. Rio de janeiro: Zahar, 2001.

BRONFENBRENNER, Urie. Biologia do desenvolvimento humano. Tornando os seres humanos mais humanos. Porto Alegre: Artmed, 2011.

CLAXTON, Guy. O Desafio de Aprender ao Longo da Vida. Porto Alegre: Artmed, 2005.

CORTELLA, Mário Sérgio. A Escola e o Conhecimento. Fundamentos epistemológicos e políticos. 6.ed. São Paulo: Cortez – Instituto Paulo Freire, 2002.

DELORS, Jacques et alii. Educação – Um Tesouro a Descobrir – Relatório para a Unesco da Comissão Internacional sobre Educação para o Século XXI.  São Paulo: Cortez, 1998.

DEMO, Pedro. Complexidade e Aprendizagem – A dinâmica não linear do conhecimento. São Paulo: Atlas, 2002.

______. Conhecimento Moderno: sobre a Ética e Intervenção do Conhecimento. Petrópolis: Vozes, 1998.

DEWEY, John. Experiência e Educação. Atualidades pedagógicas, v. 131. São Paulo: Editora Nacional, 1979.

ESTRELA, Maria Teresa. Relação Pedagógica, Disciplina e Indisciplina na Aula. Porto: Porto Editora, 1992.

FORRESTER, Viviane. O Horror Econômico. São Paulo: UNESP, 1997.

FREIRE, Paulo. Pedagogia do Oprimido. 38.ed. São Paulo: Paz e Terra, 2002.

______. Pedagogia da Autonomia. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1996.

GADOTTI, Moacir. Os Mestres de Rousseau. São Paulo: Cortez, 2004.

______. The 11th Annual PEDAGOGY & THEATRE OF THE OPPRESSED. International Conference – Los Angeles, de 29 a 31 de maio de 2005. Center for Theatre of the Oppressed Instituto Paulo Freire.

GASQUE, Kelley Cristine G.D.; TESCAROLO, Ricardo. Sociedade da Aprendizagem: informação, reflexão e ética. In Ciência da Informação. Brasília, volume 33, n.3, set./dez. 2004.

GASQUE, Kelley  Cristine G.D.; TESCAROLO, Ricardo. Por uma pedagogia do equilíbrio. In Educação e Pesquisa – Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, v. 34, n.1, pp. 139-150, jan./abr 2008.

GIROUX, Henry A. Os Professores como Intelectuais. Rumo a uma pedagogia crítica da aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 1997.

GRANVILLE, M.A. Teorias e práticas na formação de professores. São Paulo: Papirus, 2007.

HANNOUN, Hubert. Educação: Certezas e Apostas. São Paulo: Fundação Editora da UNESP, 1998.

HARGREAVES, Andy. O Ensino na Sociedade do Conhecimento. Educação na era da insegurança. Porto Alegre: Artmed, 2004.

JOLIBERT, Josette et al. Traduçao Valério Campos. Transformando a formação docente: Uma proposta didáticaem pesquisa-ação. Porto Alegre: Artmed, 2007.

LEFRANÇOIS, Guy R. Teorias da Aprendizagem. 5ed. São Paulo: CENGAGE Learning, 2008.

MACHADO, Nilson José. Epistemologia e Didática – As concepções do conhecimento e inteligência e a prática docente. São Paulo: Cortez, 1995.

______. Educação: Projetos e Valores. Coleção Ensaios Transversais. 2.ed. São Paulo: Escrituras Editora, 2000.

______. Cidadania e Educação. – Ensaios Transversais. 2.ed. São Paulo: Escrituras Editora, 1997.

MEIRIEU, Philipe. O Cotidiano da Escola e da Sala de Aula: O fazer e o compreender.  Porto Alegre: Artmed, 2005.

NÓVOA, A. Os Professores e a sua Formação. Lisboa: Dom Quixote, 1992.

SACRISTÁN, José Gimeno. Educar por Competências – O que há de novo? Porto Alegre: Artmed, 2011.

SCHMIED-KOWARZIK, Wolfdietrich. Pedagogia Dialética. De Aristóteles a Paulo Freire. São Paulo: Brasiliense, 1983.

SCHÖN, Donald A. Educando o Profissional Reflexivo: Um novo design para o ensino e a aprendizagem. Porto Alegre: Artmed, 2000.

TARNAS, Richard. A Epopéia do Pensamento Ocidental – Para compreender as idéias que moldaram nossa visão de mundo. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2003.

TESCAROLO, Ricardo. A Escola como Sistema Complexo – A ação, o poder e o sagrado. São Paulo: escrituras, 2005.

TOLCHINSKY, L. Processos de aprendizagem e formação docente: em condições da extrema diversidade. Porto Alegre: Artmed, 2004.

VARELA, Francisco J.; THOMPSON, Evan; ROSCH, Eleanor. A Mente Incorporada. Ciências cognitivas e experiência humana. São Paulo

VEIGA, I.P.; D’ÁVILA, C. (Orgs.). Profissão docente. São Paulo, 2010.

VEIGA, I.P.; AMARAL, A.L. (Orgs.). Formação de professores: políticas e debates. São Paulo: Papirus, 2011.

WILSON, Edward O. A Unidade do Conhecimento. Consiliência. Seria a ciência capaz de explicar tudo? Trad. Ivo Korytowski. Rio de Janeiro: Campus, 1999.

ZABALA, Antoni. Enfoque globalizador e pensamento complexo: uma proposta para o currículo escolar. Porto Alegre: Artmed, 2002

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *