Todo começo de ano, os professores recebem uma sala. O espaço, ainda vazio, aos poucos ganhará vida com produções dos alunos e registros do cotidiano. Mas não é preciso esperar a turma para começar a organizar a classe. Daniela Bizzutti, professora do 1º ano da EMEF Leão Machado, em São Paulo, explica que, além das atividades feitas no primeiro dia e nos seguintes, o ambiente tem de estar pronto para receber as crianças. Dayse Gonçalves, orientadora pedagógica da Escola Carlitos, na mesma cidade, concorda: “A sala é a primeira concretização do planejamento docente, pois representa o lugar de aprendizado e socialização”.

Organizar o espaço é mais do que simplesmente decorá-lo. Cada canto deve ser pensado de acordo com as atividades pedagógicas que estão previstas para o ano. O essencial é focar na função das coisas, criando um ambiente propício à aprendizagem. Fernanda Pinto Silveira, formadora do Centro de Educação e Documentação para a Ação Comunitária (Cedac), recomenda explicar aos alunos o que é cada cantinho, fazer combinados e garantir o acesso de todos. “Assim, eles se sentem integrantes da sala e não apenas expectadores.” Caso o docente compartilhe a classe com outros colegas, é importante conversar com eles e acordar onde vão ficar os materiais de cada turma.

Em geral, os objetos para essa organização são simples e o que já existe na escola pode ser aproveitado. Priscila Monteiro, consultora pedagógica da Fundação Victor Civita (FVC), esteve na sala de aula acima e mostra dez ideias de como organizá-la para a aprendizagem.

Fonte: Revista Nova Escola. Disponível em http://revistaescola.abril.com.br/formacao/10-ideias-potencializar-ambiente-sua-sala-aula-835761.shtml#ad-image-0

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *