Autora: Liliamar Hoça

Orientadora: Evelise Maria Labatut Portilho

Resumo : Esta dissertação é o resultado do estudo sobre os elementos tempo/espaço e aprendizagem na prática docente. É uma pesquisa de abordagem metodológica qualitativa, cujo objetivo principal foi analisar como os elementos tempo/espaço estão integrados à prática docente nas organizações propostas em função da diversidade no processo de aprendizagem dos alunos, nas escolas organizadas em Ciclos de Aprendizagem. A coleta de dados foi realizada em duas escolas da Rede Municipal de Ensino de Curitiba, situadas em bairros da região sul da cidade, participando onze profissionais, sendo quatro pedagogas e sete professoras da primeira etapa do Ciclo I. Foi utilizado um questionário com perguntas abertas e entrevista semi-estruturada para obtenção dos dados. Como referencial de apoio, foram utilizados os estudos de Barreto e Mitrulis, Barreto e Sousa, Mainardes, Arroyo, Lima, Baquero, Moll, Meirieu, Perrenoud e Tardif. Na análise dos dados, buscou-se identificar a compreensão sobre os elementos tempo/espaço na prática do professor em escolas organizadas em Ciclos, examinar os procedimentos utilizados pelos docentes na integração tempo/espaço e aprendizagem, destacando atitudes de relevância em relação a essa questão. Na apreciação crítica dos dados, foi possível observar que a relação tempo/espaço na prática docente, em função da diversidade no processo de aprendizagem, apresenta-se nos discursos, mas, no cotidiano, as estratégias de agrupamentos de alunos e diversificação das atividades são pontuais e partem das dificuldades que as professoras observam nos alunos. O tempo/espaço da instituição e dos conteúdos ainda prevalece sobre o tempo/espaço de formação, de aprendizagem. As etapas incluídas no Ciclo I colaboram para a determinação de conteúdos por etapa, organizações de alunos na etapa e não no conjunto do Ciclo. O espaço utilizado pelas professoras para dinamizar as atividades e atender aos alunos continua a sala de aula. As colocações realizadas pelas profissionais alertam para uma retomada da concepção de Ciclo de Aprendizagem e a questão do tempo/espaço escolar como período de formação e a aprendizagem enquanto um processo contínuo.

Para ler a dissertação na integra, clique no link abaixo:

A escola organizada em ciclos : tempo/espaço e aprendizagem

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *