Autora: Katia Beltrami

Orientadora: Evelise Maria Labatut Portilho

Resumo : A identificação do estilo de aprendizagem predominante dos alunos da Educação Infantil foi o foco dessa dissertação. O referencial teórico está baseado em autores que explicam a aprendizagem sob o enfoque cognitivista, como Pozo (2002,2005), Claxton (2005) e o grupo de pesquisadores do Conselho Nacional de Pesquisa dos Estados Unidos, coordenado por Jonh D. Bransford, Ann L. Brown e Rodney R. Cocking (2007); e a teoria dos Estilos de Aprendizagem está pautada nos estudos de Alonso (1994) e Portilho (2003). Para identificar o estilo de aprendizagem dos alunos de Educação Infantil foi elaborado o Inventário Estilos de Aprendizagem para Crianças Portilho/Beltrami, que apresenta 12 situações de aprendizagem, contemplando os quatro estilos de aprendizagem: ativo, reflexivo, teórico e pragmático. Inicialmente, o instrumento foi aplicado em crianças de uma escola particular, o que oportunizou a sua reelaboração. A segunda etapa foi ampliada às crianças da rede de ensino particular e municipal da cidade de Curitiba. A análise dos resultados permite inferir que o estilo predominante de aprendizagem das crianças de cinco e seis anos é o reflexivo, assim como o da professora da Educação Infantil; e que não há diferença significativa entre a instituição pública e a particular, assim como entre o gênero e a idade das crianças.

Para ler a dissertação na integra, clique no link abaixo:

Inventário de estilo de aprendizagem para crianças Portilho/Beltrami : o estilo de aprendizagem das crianças e da professora de educação infantil

 

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *