23 maio 2013
Maio 23, 2013

9º Encontro – 15.05

0 Comment

E nosso estudo continua, confira!

Síntese da Finalização do capítulo 2

Às vezes “consciência” é usado apenas como um sinônimo imponente de inteligência.

Há três significados mais especializados que distinguem esse termo, um deles e o autoconhecimento, o conhecimento de si mesmo, construir um modelo interno do mundo que contém o eu. p.146

O outro é o acesso a informações e tambéma sensibilidade.

O conhecimento é um meio e não um fim, é isso que muitas vezes compromete o avanço do aluno e que é preciso observar a estratégia do professor.

A consciência de acesso possui quatro características:

1)Campo das Sensações – as cores e a forma do mundo a nossa frente, os sons…

2)Enfoque da atenção – porções de informações que são introduzidas e retiradas alternadamente da memória.

3) Sensações e Pensamentos – qualidade emocional (agradável ou desagradável)

4) Eu – as escolhas e as alavancas do comportamento. p151

“Se algum dia pudermos identificar todas as etapas computacionais que vão da percepção, do raciocínio e da emoção ao comportamento, a única coisa que ficará faltando, devido a ausência de uma teoria da sensibilidade será a compreensão da prórpia sensibilidade”p.160

“O conceito de sensibilidade fundamenta nossa certeza de que atortura é errada e de que inutilizar um robô é destruição de propriedade, mas inutilizar uma pessoa é assassinato.”p.161

O mistério da sensibilidade permanece, um mistério não para a ciência, mas para a ética e também para nossos próximos encontros.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *